top of page

EVENTO CIENTÍFICO ECCONTINENCE CARE 2023 PARA MÉDICOS UROLOGISTAS MARANHENSES

Eccontinence Care Convatec reuniu urologistas em São Luís para debate sobre inovações no tratamento de disfunções miccionais


FOTOS – DANIELLE VIEIRA: As anfitriãs Brena Rocha e Giselle Araújo Pereira (Center Hospitalar) com urologistas maranhenses, os palestrantes Dra. Patrícia Canelas; Jório Barros (Pres. SBU-MA) e Dr. Aílton Fernandes (RJ) e o enfermeiro mestre Paulo Dionísio (Convatec), no evento científico Eccontinence Care em São Luís.

Um encontro científico reuniu a classe de médicos urologistas maranhenses, na ação promovida pelas empresas Convatec e Center Hospitalar da empresária Giselle Araújo Pereira, com apoio da SBU / Sociedade Brasileira de Urologia.

O evento “Eccontinence Care Convatec” trouxe a São Luís o urologista coordenador do Depto. de Disfunção Miccional da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) Dr. Ailton Fernandes (RJ), que é Mestre em Urologia e Membro da ICS (International Continence Society); e mais, o enfermeiro mestre Paulo Dionísio (CE); que juntamente com a Dra. Patrícia Canelas (MA), palestraram sobre as disfunções miccionais neurogênicas (alterações e dificuldades no ato de urinar) e o que há de mais moderno e seguro no tratamento da bexiga neurogênica. Essa reunião também marcou o lançamento em São Luis do GentleCath Glide, o único cateter intermitente que possui a nova tecnologia FeelClean, projetada para tornar o auto cateterismo mais rápido, mais seguro e descomplicado para quem precisa.

Em sua apresentação, o enfermeiro mestre Paulo Dionísio (CE), assessor técnico e científico da Convatec, fez questão de frisar que o ganho de qualidade de vida para os pacientes é o maior benefício da nova tecnologia apresentada no encontro:

“O GentleCath Glide representa uma nova geração de cateteres hidrofílicos, usados no esvaziamento da bexiga de pacientes cadeirantes ou com lesões medulares; com uma inovação tecnológica que diminui o risco de trauma uretral, e reduz o risco de infecções do trato urinário, beneficiando esses pacientes com mais longevidade e uma melhor qualidade de vida”.

A urologista Patrícia Canelas explicou o diferencial de qualidade do novo produto, lembrando que há muitas pessoas precisando desse tipo de técnica cuidados no trato urinário:

“Os cateteres de esvaziamento vesical tradicionais, feitos com PVC, causam muitos traumas na uretra e provocam infecções. Com esse novo tipo de cateter do tipo hidrofílico, há um processo de esvaziamento da bexiga de forma mais segura e com menos riscos de infecções; e com menores taxas de traumas na uretra, ajudando a tratar ou reabilitar a bexiga de forma bem completa. Esse evento foi muito importante por reunir os colegas urologistas e trazer informações de qualidade; para que mais pacientes possam ser beneficiados com essas inovações, tão importantes para melhorar a vida de muita gente” disse a urologista que é membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.

“Os pacientes lesados medulares correspondem a 60% da população brasileira atual, vítimas principalmente de traumas e acidentes automobilísticos, e que estão hoje vivendo em cadeiras de rodas e consequentemente desenvolvendo problemas urinários. Esses problemas urinários em cadeirantes acabam levando a internações em UTIs, à insuficiência renal e até a mortes precoces. E se temos novas tecnologias, é preciso usá-las para desonerar o sistema de saúde, e de forma mais segura ajudar o paciente, diminuindo riscos e tirando os mesmos de processos como diálises ou das UTIs. E assim, podemos reabilitar o paciente e proporcionar uma melhor qualidade de vida a esse público” completou a Dra. Patrícia Canelas.

Vale lembrar que não são apenas os cadeirantes que precisam fazer uso de um cateter intermitente. Existem muitas razões pelas quais as pessoas começam a realizar o cateterismo, alguns apenas por curto período, outros para toda a vida. Há uma longa lista de razões, tais como casos de esclerose múltipla; lesão da medula espinal; derrame; diabetes; gravidez; retenção de urina; tumor de próstata, entre outros. Para todos eles, os cateteres intermitentes ajudam o paciente a retomar o controle da incontinência urinária.


O atual Pres. da Sociedade Brasileira de Urologia Secccional Maranhão é o Dr. Jório Barros do Carmo, que frisou a importância dos eventos de educação científica continuada como esse:


“Esses eventos de educação continuada são fundamentais para a reciclagem e qualificação dos urologistas das mais diversas gerações. Há muitas inovações sendo introduzidas na medicina; e são iniciativas como essa que ajudam a democratizar essas informações entre a classe médica” disse ele.


O experiente urologista maranhense e professor Dr. José Calixto também elogiou a iniciativa:

“A urologia evoluiu muito no tratamento das disfunções miccionais, e atinge uma gama imensa de pacientes, jovens ou idosos. Esse evento é prova dessa evolução, e é muito importante que a classe médica esteja atualizada e informada sobre as soluções e alternativas nesse tipo de tratamento. A urologia é uma especialidade muito ampla e relevante, pois trata não apenas da bexiga, mas também da uretra e do rim, órgãos vitais para que possamos envelhecer bem com saúde e qualidade de vida” declarou o experiente urologista maranhense Dr. José Calixto.


O Dr. Calixto orienta que não há idade para se buscar um urologista, mas sempre que houver algum sinal de perda involuntária de urina, pressa em urinar por ansiedade, necessidade de acordar a noite para urinar toda hora, ou mesmo se perceber a roupa íntima com mau cheiro. São motivos para buscar a ajuda de um urologista o quanto antes, para melhor tratar e preservar a saúde e ainda ter ganhos de vida em geral, seja pessoal ou profissional.


Os médicos ou pacientes interessados na nova tecnologia do cateter GentleCath Glide, podem entrar em contato com a Center Hospitalar, que é a representa da Convatec no Maranhão, pelo whatsapp (98) 991972482.

Komentarze


bottom of page